Variedades

Final Concurso Faces Pernambucanas

No dia 14 de dezembro rolou a final da 10ª edição do Concurso Faces Pernambucanas em parceria com a Ford Models. Uma equipe altamente especializada buscou em sete estados brasileiros as grandes apostas para o próximo ano de 2015. Gianne Albertoni deu às boas-vindas ao primeiro grande desfile dos 27 finalistas e conduziu o evento montado no Espaço das Américas com muita maestria e simpatia, com direito a selfie e tudo no final.

1

O concurso mexeu com o sonho de mais de 10 mil jovens que almejam sucesso no mundo da moda. Então 2014 mal havia começado e uma van itinerante de “olheiros” (termo utilizado para profissionais encarregados em encontrar new faces, também conhecido como scouter) já estava selecionando meninos e meninas em potencial, em 52 cidades brasileiras, para participar das seletivas que aconteceram entre os dias 14 e 29 de agosto.

2

Em comemoração aos 10 anos do Concurso Faces, os 10 primeiros vencedores ganharam um ano de agenciamento na Ford Models, um book, 100 composites e ainda mil reais em vale compras nas Pernambucanas. Destes 10 vencedores, dois casais foram especialmente escolhidos para receber uma premiação extra de R$10 mil em dinheiro. A ruiva foi sem dúvida a escolha unânime do público presente, recebia muitos gritos e aplausos cada vez que pisava na passarela.

Os modelos se retiraram, a luz apagou e o DJ Manteiga esquentou a galera para a chegada de Capital Inicial, que transformou a passarela em um incrível show de rock´n roll. Daí em diante a energia foi contagiante. Infelizmente a Paula não pode ir, então eu fui representá-la e me senti muito honrada.

3

Capital Inicial é uma das minhas bandas prediletas dos anos 90. Época em que eu não tinha muito com que me preocupar além de atualizar a minha playlist, aliás, não era nem playlist porque eu não se tinha costume de usar computador ainda, era o bom o velho CD mesmo. Me trancava no quarto e não abandonava o aparelho de som enquanto não terminasse o show. Haha delicia!

Veja também:  Otimize seu tempo com o Google Reader

4

A minha impressão sobre o Dinho Ouro Preto é de que ele curte tanto o que ele faz e esse retorno tão caloroso do público, que parece até que ele parou no tempo com sua eterna jovialidade. Sempre sorridente, representou muito com excelência um evento que busca encontrar talentos nacionais. Se jogou 5 vezes de corpo e alma do palco levando o público a loucura, mesmo já tendo sofrido um acidente que ocasionou até em traumatismo craniano, fraturas nas costelas e ferimentos no rosto e nos dentes em uma apresentação em 2009. Fez questão de retribuir o carinho de alguns fãs convidando-os para assistir ao show (isso eu descobri devido a minha mania de ser stalker às vezes no instagram).

Enfim, todo meu orgulho e respeito ao Capital Inicial e a equipe responsável pela realização deste evento incrível que é o Faces Pernambucanas!

Um grande beijo/ Carol – do blog As Carus

 

 

Paulista, 42 anos, formada em Tecnologia, otimista. Adoro falar sobre moda, beleza e, mais recentemente, sobre maternidade. Aqui escrevo sobre tudo que gosto, espero que gostem também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *