Variedades

Podemos viver sem elas?

Por Ruiz

Essa foi uma dica de post que recebi através da minha mais nova paixão: o Twitter (Follow me!) Tenho muito medo dessas coisas de computação, porque eu tenho muito medo de acabar me tornando um geek ou um nerd, como esses que a gente vê na TV. #Credo!

Será que nós homens podemos viver sem as mulheres. Oras, bolas! Vocês já devem saber a reposta. É *óbvio* que não. Dãã…

Vou aproveitar para dar a minha opinião. Todo homem sabe o valor de uma mulher. Não estou reduzindo a mulher a um objeto sexual, como fui criticado por uma leitora. Mas a mulher é quem traz o homem à realidade, quem controla, dirige e organiza a vida de um homem. Somos naturalmente dependentes das mulheres, ainda que a gente não aceite de jeito nenhum.

É claro que para cada regra, podemos encontrar várias exceções. Há homens que se viram muito bem sozinhos, assim como mulheres. Mas existem coisas que são impossíveis de um homem médio fazer. Não temos habilidades ‘soft’ de combinar, harmonizar, arquitetar… Dificilmente desenvolvemos o bom gosto e as habilidades sensoriais das meninas… Somos mais racionais, diretos, práticos e, por que não, físicamente fortes.

A natureza é assim: vivemos em casais não somente para dar continuidade à nossa espécie, mas para que nossas habilidades natas sejam complementares em um convívio familiar ou social.


Sem contar que, por mais abrutalhados, ogros ou primatas que sejam os homens, não há quem se renda ao carinho, ao charme e à elegância de uma mulher. E não falo do estereótipo da mulher ‘ideal’ que as revistas pregam, mas a mulher companheira, cúmplice… Sem elas, acho muito difícil um homem ser completo.

E, antes de encerrar esse post, e ser preso por discriminição, não tenho absolutamente nada contra os meninos que gostam de meninos ou das meninas que gostam de meninas. Se ambos/as se completam é o que importa. É necessário ‘precisar’ do outro.

Veja também:  Leve seu lanche!

Beijos e bom final de semana.

Ruiz

Paulista, 42 anos, formada em Tecnologia, otimista. Adoro falar sobre moda, beleza e, mais recentemente, sobre maternidade. Aqui escrevo sobre tudo que gosto, espero que gostem também!

10 Comentários

  • camille

    que post fofo! nem as mulheres conseguem viver sem os homens! e essa necessidade alheia eh tao fofa! nao é a toa que filmes e livros romanticos ainda fazem sucesso msm sendo um gênero tão batido!
    bjs

    • ruiz

      Oi Camille,

      Sabe, eu queria escrever que as mulheres também devem precisar de nós. Mas não estava muito a fim de levar ‘tomatadas’ das leitoras! 🙂

      Mas eu concordo com você: os filmes românticos *nunca* saem de moda. Quem não chorou com ‘Um amor para recordar’, ‘Comer, rezar, amar’, ‘Doce Novembro’… eu pelo menos assisti todos e paguei o mico de quase chorar.

      Beijos,

      Ruiz

    • ruiz

      Olá!

      Obrigado pelo recadinho! Como diz a Isa, ‘Servimos bem, para servirmos sempre’ 🙂

      Beijos,

      Ruiz

    • ruiz

      Tudo bom, Paulo?

      Não dá mesmo pra viver sem elas, né? Eu pelo menos não consigo… Tenho um amigo que diz que ‘Se Deus criou algo melhor do que a mulher, deve ter guardado só pra ele’ (piada machista!)

      Abraço,

      Ruiz

    • ruiz

      Olá Gih!

      Pois é… acabei de viciando no twitter. Preciso ficar me policiando pra não ficar o dia inteiro em cima do smartphone pra ler o que os outros estão dizendo!

      Beijos,

      Ruiz

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *