Por Ruiz

Caros leitores e leitoras, depois de alguns dias desaparecido estou novamente por aqui. Hoje vou falar sobre a diferença de altura entre um casal. Sim, estou falando da altura física.

Quem de nós não tem um primo, um sobrinho ou um conhecido que há pouco tempo atrás era baixinho e depois de um ano aparece com quase dois metros de altura? O Ser humano com o passar do tempo vai se adaptando à realidade de seu ambiente, e agora parece que estamos ficando cada vez mais altos.

E isso é um fenômeno que pode ser observar nos casais. Crescemos acostumados com homens ao lado de mulheres um pouco mais baixinhas. Hoje em dia, as mulheres estão um pouco maiores, e já é muito comum vermos casais de mesma altura. Mas e quando a mulher é mais alta que o parceiro?

Isso é um problema? Não, claro que não é! Mas o homem sempre teve a coisa de ser dominante sobre a parceira, e isso era uma questão, sobretudo, física. Então não é algo muito natural para o homem ser menor em estatura que sua companheira. Nem é natural que a mulher procure um homem mais baixo. Mas o que fazer quando a mulher tem uma altura acima do padrão “normal” dos brasileiros?

Difícil arrumar um namorado maior, não? A mulher busca no homem, ainda que inconscientemente, a pessoa que deveria protege-la, ser mais forte, etc – exatamente como é no reino animal. Afinal, também somos animais. Calma! Você não precisa ir no clube de basquete encontrar sua cara-metade! Vamos tentar entender um pouco melhor isso.

Acima das questões físicas, há a questão, como podemos dizer… de admiração. Acredito que hoje isso é mais importante do que centímetros de altura ou quilos de peso. Se a mulher encontra em um homem de menor estatura a pessoa que admira e faz se sentir acolhida, segura e feliz, me parece que pode ser a pessoa certa!

E a altura é apenas um dos atributos que pode diferenciar um casal. Existem questões de ordem financeira, de ‘beleza’, de popularidade… Lembro que as pessoas sempre questionam o que o que fez o galã da TV ficar com uma mulher tão mais velha e que nunca foi uma referência de beleza. Acho que me fiz entender agora, não? (Não citei nomes para não ser indelicado!)

Conheço casais com grandes diferenças, de peso, de altura, de idade e de cultura que são absolutamente felizes. É claro que sempre tem um fura-olhos de plantão para colocar uma pulga que não existe na retaguarda de seu instrumento auditivo. Mas não devemos ligar para tudo que os outros falam. O Ser humano é invejoso por natureza!
O importante é ser feliz respeitando as diferenças 🙂

Beijos e bom restinho de feriado!

Ruiz
@ruiz_tb
E-mail: ruiz@todabeleza.com.br

Paulista, 40 anos, formada em Tecnologia, otimista. Adoro falar sobre moda, beleza e fotografia e curto levar um estilo de vida saudável. Aqui escrevo sobre tudo que gosto, espero que gostem tb :)

12 respostas a “Questão de altura”

  • Eu não me importo muito com isso.. sou apenas 2 cm mais alta que meu noivo (somado a mais uns 14 cm de salto fica muita coisa rs) Mas acho que coisas como idade, peso e altura já passaram de tabu para esquecimento.
    kisses

    • Hello, Gih!

      Pois é… 2cm é bem pouco. Nada que um DiPollini não resolve pra ele! 🙂
      14 cm de salto? Aí acho que é sacanagem com o seu noivo, não? Mas se ele e você estão felizes, não são alguns centímetros que vai fazer um casal mais ou menos feliz.

      Beijos,

      Ruiz

  • Que saudade dos post do Ruiz,anadava tão sumido!!!!
    Eu acho que qualquer diferença entre o casal,seja altura,peso ou idade,quando se ama,supera!
    É claro que ainda existe um certo “preconceito” em relação á isso,muita gente acha estranho um cara ser mais baixo que a mulher,já ouvi uma amiga dizer que isso passa o sentimento de inferioridade,como se o homem naquela relação fosse submisso á mulher,mas sinceramente acho que não têm nada a ver!
    Tenho que dizer que o meu caso é completamente diferente rs,nem eu usando salto 15 fico da altura do meu noivo rsrsrs
    Bjs

    • Oi Juh,

      Obrigado pelo carinho! Senti falta de todas vocês!

      É, acho que o amor ultrapassa qualquer barreira. É maior que a altura de qualquer pessoa. Mas não podemos deixar de reconhecer que chama a atenção.

      Ainda esses dias vi um casal que o cara deveria ter uns 2 metros de altura, e a menina não muito mais que 1,5m. Também chama a atenção. Acho que é a coisa da ‘normalidade’. O que é diferente, chama a atenção.

      Beijos,

      Ruiz

    • Oi Camille,

      Tive o incomensurável prazer de conhecer a Katie Holmes pessoalmente, em um evento do lançamento de uma das temporadas do seriado Dawson’s Creek. Ela é realmente muito alta – e linda. Realmente isso mostra que as mulheres não tem muito bom gosto, porque entre tantas opções foi ficar justo com esse cara horroroso. Mas vai entender, né?

      Brincadeiras à parte, acho um preconceito bem bobo. Mas acaba chamando a atenção, afinal, não é algo muito comum.

      Beijos,

      Ruiz

  • Sempre acho estranho qdo vejo um casal no qual o cara é mais baixo, mas realmente o importante é ser feliz… além do mais, temos q lidar com as diferenças todos os dias!
    Bjo

    • Oi Teca,

      É bem isso mesmo! Acho que nunca se falou tanto sobre lidar com diferenças, como estamos vendo agora. Acho ótimo que a civilização esteja evoluindo!

      Beijos,

      Ruiz

  • Aiiii! Que saudade de ler e comentar nos textos do Ruiz! 🙂
    Eu concordo em gênero, númeor e grau! E digo mais… pouco importa qualquer coisa desse tipo quando você se apaixona por alguém!

    Nunca tive problema com altura, porque sabe, não sou lá uma pessoa muito alta… hehehe
    Então nunca me preocupei em “arrumar” alguém mais alto que eu, a maioria dos homens é mais alta do que eu! x)

    Mas vejam só… Eu me apaixonei por um homem maravilhoso, perfeito, romântico e… gordinho!
    E daí?! Contanto que ele seja tudo o que me orgulha, pouco importa a forma física! E digo mais – se ele fosse magrinho não ia ser tão legal! hahaha

    Preconceito pra que?! O amor não dá lugar pra isso…

    Beijos

    • Oi Bárbara!

      Obrigado pelo carinho! Senti muita falta de escrever por aqui!

      Pois é! Deveria ter falado mais sobre as diferenças de peso. Mas acho que o recado foi relativamente passado nesse post. Acho que quando a gente ama, qualquer ‘defeito’ se torna uma característica ou até mesmo uma qualidade.

      Adorei o ‘Preconceito pra que?! O amor não dá lugar pra isso…” 🙂 Profundo, simples e cheio de significado!

      Beijos,

      Ruiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *