REPASSA: Sacola do Bem – Consumo sustentável e economia colaborativa!

REPASSA: Sacola do Bem – Consumo sustentável e economia colaborativa!

O Repassa, idealizado pelo publicitário e empresário Tadeu Almeida, o  chega ao mercado da moda para trazer sustentabilidade, maior auxílio a projetos sociais e qualidade, além de agregar o importantíssimo valor do consumo consciente.

Segundo o IBOPE, existem mais de R$50 bilhões em roupas paradas no guarda-roupa das pessoas, que não usam 60% das roupas que têm.

Você conhece a Sacola do Bem?

Inicialmente, a plataforma servia somente de ponte entre vendedores e compradores, o que acabava dando um certo trabalho extra, já que o vendedor teria que fotografar as peças e aguardar contato.

Com o surgimento da Sacola do Bem, se tornou ainda mais fácil vender roupas pela internet sem ter trabalho algum. O cliente pede a Sacola do Bem pelo site, recebe-a em casa e a enche com as peças que não usa mais e a envia de volta.

Com experiência, bom gosto e cuidados especiais na seleção das peças, a equipe do site faz todo o trabalho de curadoria e certificação, fotografia, cadastro, armazenamento e envio. O cliente não tem que fazer mais nada e recebe 60% do valor das vendas.

Como a empresa assume todo o processo, consegue anunciar produtos melhores, com fotos e descrições melhores, além de preços mais competitivos. Isso traz mais segurança para comprar. O resultado é que todo mundo fica feliz: quem vende, quem compra e quem doa.

Repasse Solidário

Ao pedir a sacola, também é possível fazer um Repasse Solidário, escolhendo uma porcentagem de suas vendas para doar para uma das ONGs parceiras como GRAACC, Fundação ABRINQ, Mães da Sé e Saúde Criança.


“Muitas clientes entram em contato com a gente agradecendo e dizendo que vão divulgar para todas as suas amigas. Adoramos quando isso acontece e como achamos que toda boa ação deve ser retribuída, desenvolvemos uma forma justa de remunerar cada recomendação que um cliente faz de forma recorrente e em vários níveis de conexão” explica Tadeu.

A empresa tem como principal público, o feminino, entre 20 a 40 anos, e o atual interesse é em expandir no segmento masculino, que não tem tantas opções e, esse público, preocupa-se casa vez mais com o visual. Também estão nos planos a expansão no segmento kids, em que as peças são perdidas muito rápido, tendo sido usadas poucas vezes.

O Repassa ainda conta com a parceria de influenciadoras como Paty Scaringela, Lu Taboada e Luiza Sobral, que têm uma vitrine solidária dentro do site. Elas se aproximam de seus seguidores, que podem ter o que foi delas, ganham dinheiro no processo e ainda ajudam ONGs incríveis, passando valores de solidariedade e sustentabilidade.

Para maiores informações, clique aqui e confira o site.

Repassa nas redes sociais:
Facebook
Instagram

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.