Variedades

Redução sim! Restrição não!

Por Janaína Macedo

Analise a quantidade do que você é acostumado a comer por umas semanas, até mesmo anotando se for preciso.

Comece a diminuir a quantidade, gradativamente. Ex: se você come 2 colheres (das grandes) de arroz, continue a comer 2, porém mais rasa. Faça assim com tudo que costuma comer, e não precisa ser tudo na mesma semana, respeite seu rítmo. Pode parecer um processo lento, e é, mas a continuidade trará resultados. Em alguns meses você estará comendo menos e sentindo-se saciado.

Não deixe de comer o que gosta, mas inclua em seu cardápio todos os grupos de alimentos. Um prato base é constituído de arroz, feijão, carne e salada. Procure sempre variar, pois comer é um prazer que não podemos e nem devemos abrir mão.

Faça várias refeições ao dia. Comece com um bom café da manhã. Não pule refeições, isso fará você ter mais fome e exagerar na quantidade. O ideal é fazer de 5 a 6 refeições ao longo do dia.

Cuidado com o que come. Comer menos fará emagrecer, isso é fato, mas comer melhor fará emagrecer mais ainda e com saúde. A melhor forma de melhorar o que se come é a sua forma de preparo, por isso evite frituras, dando preferência aos alimentos cozidos. Diminua também, de forma gradativa, o açúcar do cafezinho, do suco e reduza o consumo de doces em geral, caso você seja uma formiguinha. Eu, particularmente, detesto adoçantes artificiais, por isso meu café é amargo mesmo, e eu adoro! Coma carnes magras. Inclua sempre frutas, legumes e verduras às suas refeições.

Não espere resultados rápidos. Entenda que aprender a comer menos, sem sofrimento, requer tempo. Ninguém que come exageradamente por uma vida inteira, ou até mesmo por um longo período, pode mudar bruscamente sua alimentação sem que isso cause tristeza. Comece devagar, pois mesmo em passos lentos, você chegará ao seu destino. Não desista!

Emagrecer não tem que ser uma tortura. Procure seu médico para fazer exames periódicos e um nutricionista para te ajudar indicando combinações sensatas.

Veja também:  Medidas que fazem a diferença

Eu emagreci, e continuarei emagrecendo com redução, e não com restrição! Isso é reeducação alimentar!

E você, está disposto (a) a mudar hábitos?

Beijos! ( :

Janaína Macedo
@umafuturamagra

Paulista, 42 anos, formada em Tecnologia, otimista. Adoro falar sobre moda, beleza e, mais recentemente, sobre maternidade. Aqui escrevo sobre tudo que gosto, espero que gostem também!

7 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *